4 dicas para confecção de lingeries - Marilua
marilua-4-dicas-lingeries

4 dicas para confecção de lingeries

O mercado de moda íntima está sempre em alta e é um excelente nicho de investimento. Por isso, criar sua própria linha de lingerie pode ser uma ótima possibilidade para quem deseja empreender com sucesso. Quer confeccionar a sua linha de lingerie, mas não sabe por onde começar? Fique ligado e confira nossas dicas.

 

Principais normas para a confecção

 

Antes de abrir uma confecção, é importante saber que algumas normas técnicas devem ser cumpridas, essas regras são referentes aos tecidos, à sua composição e formas de tratamento. O processo de confecção em si também exige algumas normas como:

 

  • NBR 13175: determina as falhas em malhas;
  • NBR 10589: como medir a largura do tecido;
  • NBR 13378: estabelece quais são os defeitos mais comuns em tecidos planos;
  • NBR ISO 105-A01 a NBR ISO 105-X12: ensaios da solidez da cor;
  • NBR 12744: classificação das fibras têxteis;
  • NBR 12005: orientação sobre a medição do comprimento.

 

Outras normas específicas também precisam ser levadas em consideração, como aviamentos, filamentos têxteis, elementos de algodão, entre outros. No entanto, não há muito segredo. Ao conhecer essas definições é possível criar um plano para lançar sua confecção de lingerie.

 

Passo a passo para uma confecção de lingerie

 

Como já falamos, esse mercado vive sempre aquecido, pois a lingerie é um item básico no guarda-roupa feminino e masculino. Com as dicas a seguir, é possível começar a planejar sua coleção e abrir uma confecção de lingerie.

1.        Defina seu público-alvo e monte uma grade de produtos

 

Saber para quem você vai criar e quais são seus gostos é fundamental para acertar no produto e conquistar um bom nicho de mercado. Serão adultos, crianças ou ambos? Não esqueça de levar em consideração também as tendências do momento e o mix de produtos que pretende criar.

 

2.        Desenvolva o croqui das lingeries

 

Ter um modelo como base para seguir vai ajudar muito no desenvolvimento da coleção. O croqui vai muito além da aparência da peça. As informações técnicas também devem ser pensadas, como por exemplo, o tipo de tecido, costura, quais materiais serão utilizados, acabamentos, aviamentos, entre outros itens que serão utilizados na confecção de lingerie.

 

3.        Escolha tecidos e aviamentos de qualidade

 

A qualidade dos produtos é o que dita o sucesso das vendas. Por isso, escolher tecidos e aviamentos de qualidade deve ser item primordial no planejamento da sua confecção de lingerie. Aposte em tecidos variados, desde renda, seda, microfibra, poliamida, cotton e algodão. Mantenha a qualidade também para os aviamentos aplicados na peça.

 

4.        Prepare uma embalagem bem apresentável

 

Por último, uma boa apresentação também é capaz de influenciar muito nas vendas da sua confecção de lingerie. Por isso, investir em uma boa embalagem é uma boa dica para o sucesso da coleção. A criatividade deve entrar em ação. Pense bem em como embalar. Você pode optar por um saquinho de tecido para agregar valor. Uma etiqueta e uma cartinha de agradecimento para as clientes também são toques especiais que agregam muito mais valor à marca.

 

Com essas dicas ficou muito mais fácil iniciar sua confecção de lingerie, não é mesmo? O que está esperando para colocar a mão na massa?